Quarta-Feira, 17 de Julho de 2024
A rapidez e os erros
Região
A rapidez e os erros
Região / 08-07-2024

A Prefeitura de Maringá vai ter que mandar corrigir erros no totem e na placa da ponte inaugurada na sexta-feira, ligando Maringá a Sarandi, com uma festa danada.

O totem traz um acento que não existe no nome do homenageado; e uma das placas, traz o nome sem o acento, mas traz um erro grave: traz o nome do ex-vereador Manoel Sobrinho (PSDB) e não o do vereador Jean Marques (Podemos). A placa tem data de 28 de junho; Jean Marques assumiu a cadeira de Dr. Manoel Sobrinho em 11 de abril, ou seja, depois de 2 meses, 2 semanas e 3 dias ou 78 dias corridos até a inauguração, e portando era vereador quando o projeto foi apresentado e aprovado.

Dr. Manoel, cujo nome consta da placa, não votou no projeto que tramitou em ritmo de Fórmula 1 na Câmara Municipal de Maringá. Lembre-se que, apesar de não ser competência municipal (a obra é do DER-PR e, portanto, só poderia ser nominada por deputado estadual), o projeto foi aprovado a jato – foi protocolizado no dia 14 de junho e aprovado em regime de urgência no dia 18 – com os votos da dita oposição e de vereadores considerados de bom senso.

O erro na placa com a composição do Legislativo é constrangedor para todos os envolvidos.

 


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário


Notícias e novidades da região noroeste do Paraná JN 24 Horas

Social