Personalize Suas Preferência!

Escolhe a cidade que você deseja como página padrão do site. Você pode mudar a qualquer momento suas preferência.

buscar
 

  • Região:Cianorte Noroete     04-03-2021

Por conta da pandemia, a solenidade foi realizada em duas oportunidades, respeitando assim, as medidas de segurança

            Na última terça-feira (02), o Tiro de Guerra (TG) 05/011 de Cianorte sediou a solenidade de incorporação de 90 novos atiradores ao serviço militar. Diferente da forma que ocorreu em anos anteriores, devido a pandemia do coronavírus. A formatura foi realizada seguindo as orientações do Comando da 5ª Região Militar e das autoridades locais, sendo adaptada ao Decreto Municipal Nº 41, da Prefeitura de Cianorte, observando todas as medidas de segurança sanitária, com duas turmas em horários distintos, aumentando ainda mais o distanciamento no local, sem a presença de autoridades, convidados, familiares ou qualquer pessoa externa ao TG.

            A cerimônia contou com a entrada dos Atiradores pelo portão das armas da unidade, marcando o início do ano de Instrução, os quais no decorrer do ano serão formados, Combatentes Básicos Territorial, reservistas de 2ª Categoria, recebendo instrução militar e conciliando a rotina de trabalho, estudo e convívio familiar. Estes jovens, aprenderão lições de civismo, solidariedade, disciplina e espírito de corpo.

            “Este ano infelizmente não podemos contar com a presença do público externo, convidados, familiares e outros, que sempre abrilhantam e enaltecem ainda mais a nossa formatura. Temos ciência do quão delicado é o atual momento, e seguimos as orientações de nossos comandantes. A  ocasião foi diferente, mas tenho certeza que este dia marcará para sempre a vida de cada um desses jovens cianortenses, bem com a sua formação ao final do ano. Temos vários exemplos em nossa comunidade de grandes personalidades, líderes, que contribuem significativamente para o crescimento de Cianorte, e que um dia por aqui passaram e ostentaram a farda verde oliva do nosso Exército Brasileiro. Formar um atirador é investir na sociedade”, afirmou o  Chefe de Instrução, 1º Sargento Caio.

 


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário