Quarta-Feira, 30 de Novembro de 2022
Ex-PM de Curitiba abre perfil no OnlyFans, faz conteúdo com a filha e revela ganhar 20 vezes mais
Negócios
Ex-PM de Curitiba abre perfil no OnlyFans, faz conteúdo com a filha e revela ganhar 20 vezes mais
Negócios / 25-09-2022

“Quando entrei na polícia tive que me dedicar mais, é algo que requer muito tempo, então me afastei dos trabalhos eróticos. É muito difícil ser policial, sair para as ruas todos os dias e não saber se vai voltar. É um risco grande. Era um sonho ser policial e viver aquela realidade, mas quando você para pra pensar no tamanho do risco que está correndo, o salário defasado e que no mercado erótico você faz um trabalho que pode ser muito mais tranquilo e ganhar muito mais, foi meio que fácil fazer essa escolha”, explicou Kampa.

Ela ficou um pouco mais de 1 ano atuando como policial militar antes de cair de cabeça no mundo de conteúdos para adultos.

OnlyFans

Hoje, Kampa tem perfil em várias redes sociais com milhares de seguidores. No OnlyFans, ela publica fotos e vídeos com nudez e sexo explícito para assinantes que pagam 20 dólares (cerca de 105 reais) por mês, no plano mensal. Também existem planos trimestrais, semestrais e anuais.

O fato dela já ter sido PM instiga a imaginação fértil de muitos assinantes.

“Sempre tem muito conteúdo, posto muitas coisas lá, todos os meus fetiches são postados lá. Muitos assinantes sabem que já fui policial e isso instiga bastante. ‘Me prende’ é algo que escuto muito. Eles até pedem se tenho algum conteúdo fardada, mas prefiro não ter porque tenho medo de expor a polícia assim e ter algum problema jurídico”, contou ela, aos risos.

Filha e o marido

A ex-PM revelou também que produz conteúdo erótico junto com a filha, depois de muita conversa com ela para mostrar que este mercado também tem seus ônus.

“Quando ela fez 19 anos, ela achou interessante a possibilidade e veio conversar comigo. Eu fui explicar pra ela os riscos também de trabalhar com conteúdo adulto. Ela solteira, muito nova… Eu só comecei a trabalhar com isso depois de casada, mais velha e com filhos crescidos. Mas ela quis mesmo entrar nisso e começamos a fazer conteúdos juntas sim”, confirmou.

O marido de Katy trabalha na área jurídica e não vê problemas nas fotos e vídeos que a esposa publica na internet. Pelo contrário, ele participa também, ajuda gravando e fotografando ela.

Kampa destaca ainda que o trabalho no OnlyFans pode ser lucrativo também para pessoas anônimas e não apenas para os famosos.

“Tenho hoje uma renda muito superior ao que eu ganhava na polícia, cerca de 20 vezes mais, é minha renda principal. O OnlyFans tem crescido muito e é bom falar que pessoas comuns também podem fazer e ganhar muito dinheiro nesse mercado”, concluiu.

Quem quiser acompanhar o trabalho de Katy Kampa pode seguir ela pelas redes sociais no @kah_kampa.

Fonte: Banda B


Compartilhe com os amigos!

Deixe seu comentário